Namoro e outras culturas...

Blog de casadamoranguinho :Seja bem vindo a Casa da Moranguinho, Namoro e outras culturas...

Ohayouuuu pessoal....

Nosso post de hoje é sobre namoros em alguns países asiaticos,onde vemos claramente que não só a cultura é totalmente diferente da nossa,mas a postura e a forma de demonstrarem o amor rs.

Coréia

Na Coreia o namoro é bem dificil,principalmente se você é extrangeiro.Primeiro que lá namoro não é brincadeira. De maneira geral, só se namora para casar. E a moçada (leia-se "as meninas"), fazem jogo duríssimo na hora da conquista. Como os coreanos são tímidos e tem dificuldades em abordar as meninas, o resultado é o que eles chamam de "exército dos solteiros".
Para os estrangeiros,, ainda existe um empecilho a mais: namorar um estrangeiro acaba com a reputação da menina coreana. É uma mistura de racismo com machismo.
Racismo, não porque os coreanos tratem mal as pessoas baseados na raça ou nacionalidade. Pelo menos eu nunca vi isso. Muito pelo contrário, vi sempre muitos sorrisos abertos e pessoas dispostas a  ajudar com tudo, além de ouvir elogios aos montes:D
O que chamo de racismo coreano é a ideia de que existe algo como "coreano raça pura", e que eles devem fazer de tudo para que essa raça permaneça pura. 
Essa é a desculpa que usam os mais velhos para pressionarem as meninas coreanas a não se deixarem seduzir pelos estrangeiros, que aumentam a cada dia aqui na Coreia. Mas é também um argumento machista, porque quando é um coreano (homem) namorando uma estrangeira, todo mundo bate palma e diz que ele é "o cara". A ideia é de possessão: uma coreana namorando um estrangeiro está sendo roubada deles, enquanto um coreano namorando uma estrangeira está roubando mulher de outro país.

Tipos sanguíneos e personalidade
Mais uma questão para dificultar a vida de quem quer namorar. "Qual é seu tipo sanguíneo?" é uma pergunta normal na Coreia.
Os coreanos acreditam piamente que o tipo sanguíneo da pessoa afeta sua personalidade, apesar não haver ainda comprovação científica.
Aí vai uma análise de cada tipo, de acordo com os coreanos.

Tipo A
Prós: paciente, pontual, reservado, persistente. Contras: cabeça-dura, obsessivo, excessivamente autoconfiante.
Às vezes são chamados de "caipiras", gostam das tradições e são leais.

Tipo B
Prós: criativo, flexível, otimista, passional. Contras: esquecidinho, irresponsável, egoísta.
São considerados os piores tipos na Coreia. O tipo B é visto como o safado, cachorro, sem-vergonha coreano, e se a menina souber que o cara é tipo B no primeiro encontro, muito provavelmente essa será a última vez que se vêem. Ainda que a menina seja mais "cabeça aberta", a pressão da família para que não se case com um tipo B ainda é muito comum. Assistam o filme My boyfriend is type B (Meu namorado é tipo B), estrelado por Han Ji Hye e Lee Dong Gun, e saberão sobre o que estou falando.

Tipo AB
Prós: bacana, simpático, controlado, racional. Contras: crítico, indeciso, não perdoa facilmente.
Chamados de "humanistas", os do tipo AB são guiados mais pela razão do que pela emoção. Lidam bem com o dinheiro, mas são imprevisíveis.

Tipo O
Prós: ambicioso, atlético, autoconfiante. Contras: arrogante, insensível, raso.
Chamados de "guerreiros", os do tipo O são vistos como líderes e excelentes atletas. Eles são extrovertidos e divertidos, mas levam seus objetivos de vencer até as últimas consequências.

Japão

Ouvi muitas histórias: que os japoneses são frios, que não sabem beijar, que não gostam de ocidentais, que são machistas, que gostam de mulheres submissas, blablablá.E cheguei a uma simples conclusão: os japoneses não são todos iguais!

É verdade que eles são mais tímidos, que não têm a lábia dos brasileiros na hora de paquerar. Também é verdade que alguns se sentem envergonhados de andar pelas ruas de mãos dadas e mais ainda de dar um beijinho de despedida em público. Mas é mentira essa história de que os japoneses são sempre frios e machistas. Talvez, eles apenas prefiram se expressar com gestos e atitudes ao invés de palavras. Apesar de alguns falarem Eu te amo e Tô com saudade sim!

As japonesas se encantam pelos ocidentais por eles serem, geralmente, cavalheiros e encherem a mulher de elogios (muitas vezes, mentirosos). Os japoneses não são do tipo de abrir a porta do carro, nem de deixar a mulher entrar na frente, no restaurante. Isso é cultural!

Por outro lado, as ocidentais  se encantam pelos japoneses, por eles parecerem mais confiáveis e verdadeiros. Por serem tímidos - bobos, não! - e misteriosos. E, é claro, pelos olhos lindos e cabelos mais ainda! Eu me encanto também com as diferenças culturais.

Preconceito? Existe sim. Aquelas famílias conservadoras não querem ver seus filhos/filhas casados com gente de fora. Outras famílias acham legal ver a filha casada com um norte-americano ou um francês, mas teriam um treco se a moça se apaixonasse por um indiano, paquistanês, chinês, brasileiro...

Mas, felizmente, existem muitas famílias mais moderninhas que adoram a ideia de ter um genro ou nora de olhos bem grandes e netos mestiços. Mesmo que ele/ela seja de um país pobre.

Preconceito? Existe sim. Aquelas famílias conservadoras não querem ver seus filhos/filhas casados com gente de fora. Outras famílias acham legal ver a filha casada com um norte-americano ou um francês, mas teriam um treco se a moça se apaixonasse por um indiano, paquistanês, chinês, brasileiro...

Mas, felizmente, existem muitas famílias mais moderninhas que adoram a ideia de ter um genro ou nora de olhos bem grandes e netos mestiços. Mesmo que ele/ela seja de um país pobre.Ha uma caractéristica dos japoneses. Não é comum apresentar a namorada aos pais, a não ser que o namoro seja muito sério. Tem gente que namora anos, termina e os pais nem ficam sabendo.

China

Na China, um namoro pode começar sem beijo. E meses podem se passar até que o casal se conheça o suficiente e ache que está pronto para o beijo na boca. Segundo a historiadora brasileira Lauren Fraiz, que vive em Pequim há oito meses, a relação com o sexo oposto é mais difícil e mais conservadora na China. "O tempo de flerte é muito grande. Eles saem juntos, andam de mãos dadas, mas demora meses para que as coisas aconteçam sexualmente."

Pra começo de conversa o namoro chines ainda estah a mil anos luz de um namoro ocidental. lái parece ter aquele lance das "castas", que nem na India, soh que nao eh tão explicito. As pessoas se relacionam com pessoas que tem o mesmo ou quase o mesmo nivel social, tipo garconete namorando com garcon ou atendente de vendinha namorando com caixa de supermercado, sabe? Entao,é mais ou menos assim, nao quer dizer que eles nao saiam dos padrões, as vezes um dos dois pode ter um pouquinho mais de dinheiro.
O namoro se baseia em andar de maos dadas, bilhetinhos românticos, passeios, idas a restaurantes, abraços e selinhos, sendo que normalmente a garota nao deixa ser beijada em publico, pois garota que beija na boca em publico fica com fama de galinha... vê se pode??? Fazer sexo então, nem pensar, a virgindade é algo precioso para as garotas e se elas a perdem elas nao tem nada.
Beijing sendo capital e uma cidade cheia de estrangeiros, os chineses jah estão um pouco mais moderninhos e jah se ve um casal ou outro se beijando na rua sem se preocupar com o que os demais estao pensando.
Os meninos mais assanhados, mais estilosos e carudos, dão em cima das garotas nas "discos", pegam todas e claro que nao sao mais virgens, as vezes eles tem uma garota pra namorar que nao cede pra eles e ae eles dao os pulos basicos.
O pessoal que vem do interior, que no caso eh a maioria dos trabalhadores bracais e das castas mais baixas, ainda sao muito tradicionais e tem garotas com mais de 20 anos que nem se quer beijaram na boca. Elas chegam a ser infantis. Garotas e garotos com 21 ou 22 anos que parecem ter 14, isso eh incrivel.
Depois de um certo tempo namorando, que pode levar ateh uns 3 ou 4 anos, eles se casam e as familias dao alguma popriedade para que eles tenham uma renda ou para que possam morar, sendo que ainda tem o lance do dote.

Pois é pessoal,o namoro em nosso país é muito mais irrestrito,afinal somos livres para decidirmos quando e com quem nos relacionamos.Certo que entre os brasileiros há aqueles mais safados e outros mais seletivos rsrs...mas concordemos:nossos amigos de olhinhos puxados tem sim seus atrativos,seu jeitinho nos cativa e faz disso o charme carasteristico dessas culturas.

Ja matta ne

 

namoro asiático

sexta 18 março 2011 08:09




1 Fan

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para casadamoranguinho

Precisa estar conectado para adicionar casadamoranguinho para os seus amigos

 
Criar um blog